VIGILÂNCIA PEDROZO LTDA.


Processo: 5030687-12.2020.8.21.0001

Administrador Judicial: JOÃO MEDEIROS FERNANDES JÚNIOR

Colaborador Responsável: Jéssica de Souza Silveira

Pedido: 02/09/2008  Deferimento RJ: 04/09/2008  Convolação em falência: 07/12/2009  Termo legal: 03/06/2008

Vara: VARA DE DIREITO EMPRESARIAL, RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS - PORTO ALEGRE / RS

Informações do Administrador Judicial:

 

Trata-se de processo de recuperação judicial convolado em falência em 07.12.2009, tendo esta Administração Judicial assumido o encargo em substituição na data de 29.11.2012.


No ano de 2016, foi efetivado rateio entre a classe trabalhista, na proporção de 50% dos créditos habilitados. Os valores foram disponibilizados em contas judiciais individuais em nome dos credores, com determinação de saque diretamente no Posto de Atendimento do Banrisul (localizado no Prédio I do Foro Central de Porto Alegre/RS), mediante apresentação de documento de identificação, no período de 22.08.2016 a 22.11.2016.


O Quadro Geral de Credores foi disponibilizado no Diário de Justiça Eletrônico em 10.07.2020.


Todo patrimônio arrecadado já foi alienado, estando o processo aguardando início do último rateio a ser realizado entre a classe preferencial, que se dará na proporção de 20,45% dos créditos habilitados.


PAGAMENTO DE CREDORES


Em atendimento à decisão proferida pelo Juízo Falimentar em 30.10.2018 (constante nos documentos), todos os valores disponibilizados aos credores trabalhistas em 2016 e não sacados até o mês de julho de 2019 foram retornados para a conta da Massa Falida, para serem colocados à disposição da classe por meio de novo rateio. Salienta-se que os valores disponibilizados e não sacados serão considerados como pagos aos credores, seguindo a determinação judicial.


Ante o retorno dos valores pendentes de levantamento pelos credores para a conta da Massa Falida, a Administradora Judicial está providenciando junto ao processo falimentar medidas para pagamento dos créditos extraconcursais remanescentes e a realização de último rateio para a classe trabalhista.


Ainda não há previsão certa para início dos pagamentos. No entanto, em recente decisão o Juízo autorizou que o rateio seja efetivado pela própria Administradora Judicial. Assim, para conferir celeridade ao procedimento, solicitamos aos credores que encaminhem seus dados bancários completos, com CPF, diretamente à Administração Judicial. Em sendo apresentados os dados bancários dos procuradores, deve ser encaminhada procuração atualizada com poderes para receber e dar quitação, bem como cópia do documento de identificação do credor, com assinatura (ID, CNH ou CTPS, por exemplo).