JASOT INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA.


Processo: 5005988-97.2020.8.21.0019

Administrador Judicial: LAURENCE BICA MEDEIROS

Colaborador Responsável: Yasmine Lemes Said

Pedido: 02/04/2012  Deferimento RJ: 16/04/2012  Concessão RJ: 07/01/2013  Convolação em falência: 30/07/2018 

Vara: Vara de Falências e Concordatas - NOVO HAMBURGO / RS

Informações do Administrador Judicial:


FASE DA RECUPERAÇÃO JUDICIAL:


O pedido de recuperação judicial foi ajuizado em 02/04/2012, tendo seu processamento deferido em 16/04/2012.


O edital do art. 52, § 1º e aviso do art. 7º, § 1º, da Lei 11.101/2005 foi publicado em 24/04/2012, iniciando o prazo de 15 (quinze) dias aos credores para, querendo, apresentarem ao Administrador Judicial suas habilitações ou divergências quanto aos créditos relacionados.


O plano de recuperação judicial foi apresentado nos autos no prazo legal.


Finalizada a fase de verificação de créditos, o edital do art. 7º, § 2º c/c com o art. 53, parágrafo único, da Lei 11.101/2005, foi publicado em 15/10/2012, fixando os prazos de 30 (trinta) dias aos credores para oferecimento de objeção ao plano, e 10 (dez) dias para oferecimento de impugnação à relação de créditos apresentada.


Foi convocada Assembleia Geral de Credores para o dia 10/12/2012, às 9h, em 1ª convocação, e para o dia 17/12/2012, às 9h, em 2ª convocação, no Auditório 01 do Edifício Torre Prata, localizado na Rua Júlio de Castilhos, n.º 679, 5º andar, Bairro Centro, na cidade de Novo Hamburgo/RS.


Instalada em 2ª convocação, foi aprovado o plano de recuperação judicial pelos credores presentes. O plano foi homologado em juízo em 07/01/2013, concedendo a recuperação judicial.


FASE DA FALÊNCIA:


Diante do descumprimento do plano de recuperação judicial perante os credores, foi convolada a recuperação em falência em 30/07/2018.


Iniciada a fase falimentar, em 17/12/2019 ocorreu o primeiro leilão para ingresso de ativos na Massa Falida, sendo arrematada a sede da fábrica, bens móveis e equipamentos remanescentes. Homologado pelo juízo em 17/01/2020. 


A Administração Judicial irá apurar o montante dos créditos habilitados na falência e verificar a possibilidade de pagamento na forma do art. 83 da Lei 11.101/05, repeitada a orientação do juízo sobre terceiros proprietários.


No atual momento, aguarda-de o cumprimento dos atos pelo leiloeiro a viabilizar o pagamento dos bens adquiridos pelo Arrematante.


Atentando à ordem judicial, a Administração Judicial procedeu com a virtualização do processo falimentar para o sistema Eproc - autuado sob nº 5005988-97.2020.8.21.0019.